Contra a extinção da Freguesia de Cabanas de Torres

Contra a extinção da Freguesia de Cabanas de Torres

É com profunda noção de dever e de preocupação que o nosso blog se manifesta desde já contra a possível extinção da Freguesia de Cabanas de Torres que, e de acordo com o chamado "memorando de entendimento com a troika" o actual e anterior governos assinaram e que visa a reestruturação e reorganização administrativa do território.

O Presidente do Blog, Jorge Nunes

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Fontes e Poços

É notável ainda hoje em dia a existência em funcionamento de diversas fontes e poços, muitas delas com água potável. É visível em muitos terrenos agrícolas da freguesia a existência de pelo menos de 1 poço em cada um deles, com água potável.
De entre as várias fontes da localidade destacam-se:

Fonte dos calços, na qual a água corre permanentemente e é oriunda de uma mina que se situará por baixo da igreja de Cabanas de Torres conforme nos diz o Padre Luis Cardoso em 1758: “…nasce debaixo da Igreja deste lugar huma fonte, chamada por esta causa de S. Gregório (…)”. Esta fonte conta também com um local de lavagem de roupa utilizado até meados da década de 80, altura em que o saneamento básico chegou à freguesia.






Fonte da ponte, de edificação bastante antiga, provavelmente secular e que aguarda restauro e possivelmente a transformação em local de lavagem de veículos automóveis.



Fonte da roda, chamada assim devido à roda existente como contrapeso para accionar a bomba de água, e que é hoje um local para a lavagem de veículos automóveis.



Fonte Fontainhas , localizada num maciço rochoso é provavelmente uma das fontes mais antigas da localidade.


2 comentários:

Anónimo disse...

Depois de ver este post tenho que fazer esta observação.
É necessário a restauração do local onde se fazia a lavagem nos tanques pois está cheia de grafites.
Assim é que podemos ver a falta de respeito que muitos jovens e não só têm.

Presidente da Junta disse...

Caro anónimo,
Tem toda a razão, infelizmente não há respeito pelo património. Certamente muitas das maes dos que pintaram os tanques lavaram aqui muitas vezes...

Obrigado pelo seu comentario e convido-o a ver este nosso blog na proxima semana pois vai ver fotos actualizadas.

Um Abraço,

Presidente da Junta

Pesquisa Google

Google